5 Dicas para reduzir o desperdício de alimentos

Dadas as circunstâncias actuais achei pertinente partilhar as minhas 5 Dicas para reduzir o desperdício de alimentos. É que devido à pandemia da COVID-19, milhões de pessoas em todo o Mundo veem o seu rendimento afectado, o que as coloca numa situação de grande vulnerabilidade.

Segundo a FAO, 25% dos 1.3 biliões de toneladas de alimentos que acabam no lixo serviriam para resolver o problema da fome globalmente (para não falar no impacte ambiental que este problema provoca).

O desperdício de alimentos dá-se em várias fases: na produção, armazenamento, transporte; ao nível das cadeias de retalho, dos restaurantes, cafés e é causado pelo próprio consumidor, em casa.

Embora não possamos resolver a falta de eficiência dos sistemas a montante, devemos ser responsáveis por aquilo que se passa nas nossas casas e a jusante delas, ou seja, os resíduos que produzimos.

É um dever cívico e social, portanto acho que é a altura certa para falar sobre este tema. Vamos a isso? 🙂

Quais são as 5 Dicas para reduzir o desperdício de alimentos?

1ª dica: Planeamento de refeições inteligente

Planear as refeições para a semana ou para mês é um ponto de partida e já é muito bom. Planear as refeições de forma inteligente implica criar a respectiva lista de compras.
Sempre planeei as nossas refeições, mas quando comecei a fazê-lo desta forma vi o verdadeiro impacto no desperdício que produzia.
E não penses que no início construí logo uma plataforma XPTO que me dava as quantidades certinhas que precisava. Associar os ingredientes às respectivas receitas é o suficiente para ter uma lista mais completa.
É algo que pode dar trabalho no início mas…cá para nós: varias assim tanto os pratos que fazes? 😉

2ª Dica: Comprar a granel

Felizmente cada vez mais temos essa opção vantajosa não só para reduzir o desperdício alimentar, mas também para reduzir as embalagens. O Planeta e todos os seres que nele habitam agradecem!
Quando há uns meses fiz um showcooking no Bazar Sustentável de Almada, recorri à Mercearia Castiça para me abastecer das quantidades certinhas dos ingredientes que precisava. Desperdício zero 🙂

3ª Dica: Cozinha eficiente

Eu sou completamente apaixonada pela cozinha eficiente! Não só numa perspectiva de poupar tempo como também recursos como gás, electricidade, água. No fundo também nos ajuda a poupar dinheiro.
A regra é simples: sempre que possível NÃO vás para a cozinha fazer SÓ uma coisa.
Escolhe logo 2 ou 3 pratos do teu menu com ingredientes em comum e/ou que usem o(s) mesmo(s) equipamento(s)/utensílio(s) (forno, processador, etc).
Por exemplo, se decidires cozinhar esta feijoada, em que vais usar vários legumes, porque não aproveitar para fazer uma sopa? 🙂
Assim eliminas a possibilidade de os legumes passarem do ponto e teres de os deitar fora.
[Se pesquisares por #cozinhaeficiente e #cozinhainteligente no Facebook e Instagram encontras alguns exemplos].

4ª Dica: Pré-preparação

Já levantei um pouco o véu na Dica anterior, porque se há coisa que ajuda a não desperdiçar alimentos frescos é a pré-preparação.
Também conhecido por meal prep é uma etapa anterior à confecção dos alimentos propriamente dita, que incluir lavar, descascar, cortar, conservar correctamente.
Imagina que compras uma linda alface para fazer salada. Chegas a casa, coloca-la inteira no frigorífico e nunca mais te lembras dela.
Agora imagina que compras uma linda alface e na primeira oportunidade que tens vais lavá-la, arranjá-la e conservá-la num belo recipiente de vidro.
Em qual dos cenários acreditas que a alface tem maior probabilidade de ir parar ao lixo? 😉

5ª Dica: Reutiliza sobras

Reutilizar sobras é uma excelente estratégia para não desperdiçar alimentos.
Podes fazer receitas como frittatas, “pantaniscas“, pastéis, saladas, salteados, caldos caseiros
Haja criatividade e sobras que decerto sairá um prato saboroso.
Caso não estejas muito à vontade na cozinha começa por coisas simples como salteados e legumes no forno. Com a prática chegas lá, garanto-te! 🙂

E são estas as 5 Dicas para reduzir o desperdício de alimentos que tinha para partilhar contigo 🙂
Como dica adicional, lembra-te que os alimentos têm diferentes temperaturas de conservação e portanto não é indiferente a sua arrumação no frigorífico ou na despensa.
Mas esse é um tema que prometo explorar noutra ocasião.

Por agora segue estas Dicas, reduz o teu desperdício e partilha a tua jornada de #ZeroHunger hero!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *